Poker in Portugal

Estoril poker

Poker in Portugal

Introduction

Introduction

Quick Access

Quick Access

Casinos with Poker

Casinos with Poker

Gambling is heavily regulated in Portugal. The Gambling Inspection and Regulation Service (Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos) is the gambling authority in the country. According to their mission statement on their website, they are responsible for everything gambling related from bingo to online sports betting, and that, evidently, includes poker. They are under the purview of the Tourism Secretary of State.

It is very hard to obtain a license from them. Only 9 facilities are allowed to offer gambling services in the whole country of over 10 million people.

In 2016, the most famous Portuguese person in the world, soccer star Cristiano Ronaldo appeared in a number of ads for the biggest online poker room, PokerStars.

Francisco Da Costa Santos became the first Portuguese player ever to win a WSOP bracelet – although he got that victory in a WSOP Europe event, not in Vegas during the summer. He triumphed in the €1,500 six-handed PLO event in 2012.

Diogo Veiga took home a gold bracelet from Las Vegas in 2018, from the “real” World Series. He won the $3,000 No Limit Hold’em championship for over half a million dollars. Meanwhile, Pedro Oliveira made a deep run in the 2017 WSOP Main Event, finishing 11th and winning $675,000. Oliveira is also a successful online MTT player, under the screen name “skyboy69” he has cashed for over $1.4 million total over his career.

Professional basketball player turned professional poker player Joao Vieira is also from Portugal, with over $1.8 million in live tournament earnings.

– Playing Live Poker in Portugal –

As we mentioned in our intro, it is very hard to obtain a gambling license in Portugal. And even if a company does go through the trouble of getting a permit, they then have to deal with the high taxes imposed on gambling companies. For all these reasons, only 9 casinos are operating in the country and 5 of them have poker rooms

All of these casinos are simply named after the town they are located in.

Casino Estoril offers its patrons NLHE and PLO cash games, running only from Thursdays to Sundays. The stakes for Hold’em range from €1/€3 up to €25/€50; while for PLO they range from €2/€2 to €25/€50.

They only host a handful of tournaments a month, with a standardized €150 entry fee for each. However, many of these tournaments are scheduled to have a Day2, which means they usually have large fields with large prize pools.

In Casino Lisboa, the cash game selection is the same as in Casino Estoril. So are tournaments – €150 per buy-in each, all NLHE. They do offer bounty tournaments too, though.

Casino Figueira hosts an annual tournament series, the Figueira Poker Fest. There, you can find higher buy-in tourneys than the usual €150 events you find at the other casinos. The Main Event, for example, had a €400 buy-in and the eventual winner last time took home €12,298.

The other two casinos with poker rooms are located in Espinho and Monte Gordo.

– Casinos and Poker Rooms in Portugal –

Casino Estoril

Casino Lisboa

Casino Figueira

In June 2017, Portugal, along with 3 other countries – France, Spain and Italy – signed a major deal which was prominent industry news for months and months on. It was the liquidity deal.

The liquidity deal entails that the four countries agree to allow online poker operators to share their player pools from those countries. So the law allows Portuguese players to play against French players on PokerStars, for example.

Spanish and French players started playing at the same tables on PokerStars in January 2018. The Portuguese joined in May 2018. As of now, May 2019, the Italians are lagging behind because of trouble with setting up new licensing procedures.

The gambling regulators of the three nations who have implemented the liquidity deal released a joint statement in January 2019, saying that the first year under the new rules has been a success. They say it had a positive effect on the industry and the safety issues some had suggested might arise have been avoided.

So, online poker is fully legal in Portugal with a wide selection of rooms available to choose from for the Portuguese residents. The most popular choice is PokerStars.

MotoGP - Lorenzo quer "poker" no Estoril e Stoner garante não arrumar capacete no fim da época

MotoGP - Lorenzo quer

Quer partilhar este artigo?

Quer partilhar este artigo?

Dos presentes na conferência de imprensa, só Stoner e Petrucci ainda não ganharam no Estoril

Jorge Lorenzo quer somar a sua quarta vitória no Grande Prémio de Portugal e reforçar a liderança no Campeonato do Mundo de MotoGP, enquanto o australiano Casey Stoner negou o abandono no final da temporada.

"O Estoril é uma das minhas pistas favoritas, especialmente desde que estou no MotoGP. No ano passado tive uma corrida difícil (foi segundo), mas mesmo assim consegui ser competitivo. Claro que quero ganhar, mas vamos ver o que acontece", afirmou Jorge Lorenzo (Yamaha), líder do campeonato com quatro pontos de avanço sobre Stoner (Honda).

Rumores que dão como certo o abandono do atual campeão mundial, no final do ano foram desmentidos pelo australiano.

"Não sei como isso surgiu, mas posso garantir que não tenho planos para
me retirar no fim da temporada", frisou Casey Stoner, que nunca ganhou no Estoril.

"É um circuito completo. Temos que fazer tudo durante a corrida, mas há muitas possibilidades de ultrapassagens e também oportunidades para fazer erros", explicou.

Vencedor em 2011 e colega de equipa do australiano, o espanhol Dani Pedrosa, que é o terceiro classificado no campeonato, rejeitou falar numa possível candidatura ao título mundial, mas assumiu o desejo de voltar a "sorrir" no Estoril.

"Ainda estamos no início da época, por isso, ainda é cedo para pensar estar na luta pelo título. Gosto do circuito do Estoril, já fiz aqui muito boas corridas e estou feliz por regressar e tentar vencer de novo", disse Pedrosa.

Stefan Bradl, (Honda), estreante na categoria rainha, já ganhou no Estoril, mas em Moto2, no ano passado, tem feito um início de época notável.

“De momento não estamos nada mal, mas ao princípio, nas primeiras voltas em Jerez", podia "ver os primeiros" a desaparecer, assumiu o alemão, que confia no "potenncial da mota, no estilo de corrida e em mim próprio”.

Danilo Petrucci (Ioda), que se estreou na conferência de imprensa prévia do MotoGP, obteve um excelente 13.º lugar no circuito andaluz, com a segunda mota CRT, bem menos potente.

“Em Jerez, conquistámos o nosso primeiro ponto no campeonato do mundo. A nossa mota é nova, tem apenas três meses. Como muita gente sabe, corremos com um motor normal, com apenas 185 cavalos, uma grande diferença entre as motos do MotoGP e a CRT. A pista é novidade para mim, tal como outras pistas este ano, pelo que tentarei aprender depressa, (. ) fazer pontos no domingo. Estar aqui já é um sonho para mim”.

O Grande Prémio de Portugal inicia-se, sexta-feira, com a realização de duas sessões de treinos livres, às 10h10 e às 14h10.

“O impacto do Poker nos casinos portugueses – passado, presente e futuro”, por Renato Morais, Diretor no Casino Estoril

Renato Morais nos 90 anos das concessões

É com uma enorme honra que aceitei participar nesta conferência que reune um prestigiado painel de oradores convidados. Estão aqui presentes alguns dos mais experientes profissionais do sector em Portugal.

Os portugueses não descobriram o jogo do poker na internet nem tão pouco na popular série inglesa «Late Night Poker» lançada no último ano do Século XX, ou durante a sua meteórica expansão na aurora do Século XXI, nos Estados Unidos, impulsionada pelas imagens disseminadas de mini câmaras utilizadas durante os eventos do World Series of Poker.

Por cá, mesmo antes da legislação que permitiu a exploração dos jogos de azar em casinos, já se jogava o poker em clubes, associações, e torneios de tiro e de caça. Embora não estivesse autorizado e legislado, o jogo do poker, durante muitos anos foi tolerado em locais com licença de carteado.

Porém, qualquer jogo, proibido ou tolerado, sem regulamentação e fiscalização apropriadas, pode degenerar na exploração das vulnerabilidades dos praticantes menos informados.

Foi isso que aconteceu no passado à medida que as associações recreativas e clubes que alojavam essa oferta foram proliferando pelas cidades de norte a sul do país.

Acresce que os apaixonados pela modalidade, não se limitavam a jogar nestas toleradas salas de carteado. Prolongavam as sessões de jogo no resguardo de suas casas ou em qualquer local clandestino, que organizavam este jogo, a troco do pagamento de uma comissão (à época designada por “barato”). O poker sendo um jogo não bancado, em que o banqueiro não tem qualquer risco financeiro, ou seja, os jogadores não jogam contra a banca, mas sim entre si, é facilmente organizado em locais ilegais.

Neste tempo, os jogadores recreativos eram amiúde alvos de conluios, em que vários jogadores se associavam entre si, para extorquir um outro jogador, a quem se davam os elucidativos nomes de “pato ou pombo”.

Bem esteve o legislador na decisão de regulamentar o jogo do poker, retirando-o do Underground e canalizando-o para os casinos, permitindo desta forma que os jogadores usufruíssem de uma oferta desenvolvida num ambiente recreativo e seguro, nos jogos promovidos pelos casinos.

Bem, estiveram também os casinos que ultrapassaram a visão redutora de considerar o poker ao vivo como uma espécie de líder de perdas que apenas contribui com alguma receita residual. Bem esteve a Estoril Sol ao aceitar este novo desafio, à altura do seu pioneirismo e inestimável vanguardismo para o desenvolvimento da indústria do jogo em Portugal.

De facto, a popularidade e a forte demanda do poker podem constituir uma oportunidade para melhor uso de espaços físicos generosos em casinos caracterizados pelas suas grandes dimensões.

Por exemplo, atualmente o Casino Estoril, por ano, acolhe mais de 18.000 inscrições em torneios de poker, distribuídas por mais de 3000 jogadores diferentes estimando-se um acréscimo de outros tantos acompanhantes que, possivelmente, não iriam ao casino.

Acresce que, pelas suas características, os jogadores de poker são os que mais se sociabilizam dentro dos casinos, contribuindo para uma maior dinâmica e fluxo de pessoas dentro do casino, que se torna imprescindível em casinos de grandes dimensões.

As salas de poker são caracterizadas por 3 formas de contribuição de receita:

  • As directas, provenientes das comissões geradas pelos torneios e mesas de poker na vertente cash. Estas receitas assumem um percentual cada vez mais representativo no bolo final das receitas de jogo.
  • As indirectas de jogo, inclui a noção de jogo cruzado, em que os jogadores e os seus acompanhantes se envolvem em actividades de jogo significativas fora da sala de poker, visto que a apetência deste público para jogar é manifestamente superior à de qualquer outro visitante. Este fenómeno é facilmente percetível em dias de grandes eventos de Poker, em que a procura, principalmente de jogo bancado, aumenta consideravelmente.
  • As indirectas não jogo, em que o efeito “comitiva” dos jogadores e daqueles que os acompanham faz aumentar radicalmente o consumo de outros serviços paralelos dentro do Casino.

Talvez por esta dispersão de contribuições indirectas ser muito difícil de contabilizar, ainda prevaleça, entre alguns cépticos, a convicção de que o jogo do poker é um parente pobre dos jogos de fortuna ou azar.

Para gerir a receita de um casino, devemos ser capazes de prever e medir as receitas “totais”. No entanto, as receitas indiretas confundem sempre a questão.

No caso de uma sala de poker, a receita total deve equivaler às receitas diretas mais quaisquer receitas indiretas a creditar na sala de poker.

Porém, sem um processo de medição optimizado, essas receitas indiretas só podem ser estimadas grosseiramente.

Deveríamos contabilizar também o contributo promocional com que os grandes torneios internacionais envolvem os casinos, promovendo a sua marca o que se torna importante na captação de novos clientes.

Uma sala de poker, com eventos regulares, devidamente promovidos nos canais adequados, pode tornar o casino cada vez mais atraente para grupos de pessoas interessados em jogar.

Em geral, o sucesso da oferta de um serviço completo, no qual obviamente se insere o jogo do poker, baseia-se na ideia de captar mais clientes, lançando uma rede mais ampla.

A amplitude dessa rede é definida pela diversidade dos jogos oferecidos pelo casino, o que, em contrapartida, aumenta as responsabilidades enquanto operador concessionário na qualidade do serviço prestado e nas atribuições e responsabilidades de salvaguarda de um ambiente de jogo seguro e responsável que afaste os jogadores de contextos ilegais.

Não poderia deixar de encerrar este modesto contributo sem relevar que a opção da Estoril Sol pela oferta de um serviço completo, naturalmente com a inclusão dos torneios de poker, está em linha com um dos fundamentos que levou à criação das zonas de jogo em Portugal:

Assegurar as condições necessárias à prática de jogos de fortuna ou azar num ambiente controlado, com garantias de idoneidade, transparência e segurança, reduzindo ou anulando desta forma o interesse pelo jogo clandestino e ilícito.

É nesta medida, absolutamente crucial para a salvaguarda da reputação da marca Estoril Sol e de um compromisso de responsabilidade social e corporativa da empresa junto dos seus clientes, do regulador, acionistas e parceiros institucionais, propiciar um serviço de excelência que consiga traduzir nas suas operações diárias as condições acima enunciadas, suprindo as fragilidades e os desafios colocados por um mercado florescente, complexo e volátil em torno da indústria do poker, pois está em causa a defesa do interesse público, o cumprimento da lei e o valor de uma marca a preservar.

Conimbricense consolida carreira no póquer com bons resultados internacionais

O póquer é cada vez mais popular no mundo inteiro e já há alguns competidores portugueses a destacar-se nas mesas dos torneios mais importantes. Este ano, em Las Vegas, João Vieira sagrou-se campeão de uma etapa do World Series of Poker (WSOP). E no ano passado tinha sido a vez de Diogo Veiga de conquistar o título do circuito mais cobiçado entre os profissionais da modalidade.

Em Coimbra, também há um competidor que atua ao mais alto nível. Pedro Oliveira, conhecido como “Skyboy”, tem 34 anos e é um profissional do póquer há mais de 15 anos. Com uma carreira consolidada, o conimbricense é um dos melhores europeus nas mesas.

Em 2017, Oliveira conseguiu o seu melhor resultado de sempre quando foi um dos finalistas do WSOP. Apesar de não ter conquistado o título, terminou na 11ª posição, com um prémio no valor de 675 mil dólares.

“ Posso garantir que se tivesse ganhado os oito milhões do prémio de vencedor do Mundial reformava-me”, disse Oliveira em 2017. Para o bem do póquer português, o c onimbricense continua a praticar a modalidade.

Licenciado em Gestão de Empresas, Oliveira sonhava ser bombeiro quando era pequeno , mas a paixão pela matemática e os cálculos levaram-no até às mesas de póquer.

No início da carreira, Oliveira frequentava os casinos não para jogar nas máquinas divertidas e tradicionais , mas para participar em torneios de póquer. Nos primeiros anos da década, o profissional já disputava vários eventos no Casino Estoril.

Nos últimos três anos, Oliveira tem viajado pelo mundo todo para participar em torneios de grande relevância no cenário global. Desde 2016, participou em diversos eventos em cidades como Rozvadov, Barcelona, Sochi, Las Vegas, Monte Carlo, entre outras.

Além da 11ª posição no Main Event do WSOP de 2017 , Oliveira conquistou outros bons resultados no circuito europeu. No WSOPE, disputado em Rozvadov naquele mesmo ano, o conimbricense terminou o torneio em terceiro lugar num torneio de No Limit Hold’em.

A excelente época de 2017 fez com que o competidor terminasse em alta no ranking geral de Portugal. De acordo com o ranking Global Poker Index (GPI), que é um dos mais respeitados do póquer mundial, naquele ano Oliveira chegou a estar entre os 15 melhores do país em termos de pontuação.

Um prestígio que foi reconhecido pelos meios de comunicação. Em 2017, o site Poker Listings incluiu a Oliveira entre os cinco melhores competidores lusos. “É mais um jogador que combina os seus consistentes resultados no póquer online com os resultados ao vivo. Tal como Vieira, Oliveira conta com os pontos conquistados nas World Series of Poker para ocupar esta posição no ranking”, aponta o artigo.

Em 2019, Oliveira esteve entre os 10 portugueses que avançaram para o terceiro dia do Main Event do WSOP. Graças a isso, o competidor ficou entre os 2.880 sobreviventes do torneio, entre os 8.569 que se apresentaram no início do evento.

No segundo maior Main Event de sempre do WSOP, Oliveira não conseguiu terminar entre os competidores que conquistaram um prémio, mas adicionou ainda mais experiência à sua carreira.

Ao longo de todos estes anos, Oliveira tem tido muito sucesso essencialmente em competiç õ es online. Atualmente, o c onimbricense não compete num número tão elevado de torneios como fazia antigamente, quando chegou a participar em 40 por dia, mas tem um passado muito bom nessa modalidade.

Em 2015, de acordo com o site Pocketfives, Oliveira chegou a estar entre os 65 melhores do mundo no póquer online. Esse feito foi espetacular, pois trata-se de um mundo muito competitivo, com milhões de competidores que procuram alcançar objetivos ambiciosos nas suas respetivas trajetórias online.

Nas últimas épocas, Oliveira voltou a participar em competições realizadas em solo português. Há três anos, o luso destacou-se no Main Event do Casino Estoril , alcançando a terceira posição do torneio, um feito que correspondeu a muitos pontos no GPI.

Não é nada fácil ter uma carreira como a de Oliveira no póquer online e ao vivo. Com mais de uma década de bons resultados, o competidor c onimbricense já provou várias vezes que tem qualidade de sobra. Muito experiente e com quase metade da sua vida a praticar póquer, continua a ser um dos mais respeitados da modalidade em Portugal. E, certamente, trata-se de um currículo que não será fácil de superar.

Adicione um comentário
Classificação
4.4
Betway
Bónus até 100€
Artigos relacionados
22-07-2020
Algarve
Algarve

Uma jornada de descoberta do Algarve no sul de Portugal– para férias inesquecíveis, reuniões de sucesso, um segundo lar ou como um local para se aposentar...

09-04-2020
Bónus de boas-vindas das casas de apostas em Portugal
Bónus de boas-vindas das casas de apostas em Portugal

Nesta página há uma lista de casas de apostas que oferecem bônus de boas-vindas aos novos jogadores dos Portugal...

12-09-2020
Casas de apostas em Portugal
Casas de apostas em Portugal

Esta página contém informações completas sobre casas de apostas em Portugal que aceitam apostas online...

27-04-2020
O 888 Poker já chegou a Portugal
O 888 Poker já chegou a Portugal

O 888 Poker já chegou ao competitivo mercado nacional de jogos de poker online...

24-04-2020
Saiba como pode ver o Canal 11 online e em direto com a sua operadora
Saiba como pode ver o Canal 11 online e em direto com a sua operadora

Saiba como ver o Canal 11 online e em direto, quer esteja em Portugal ou no estrangeiro...

01-03-2020
Portugal
Portugal

A Pousada de São Mateus, em Viseu, resulta da recuperação do antigo Hospital de São Teotónio, um dos hospitais mais antigos da cidade, cuja abertura data de 1842...

top